FAQ9

 

O que mudou e como fica a perversa Reforma da Previdência Estadual

 

9- Qual o cálculo de benefício para os servidores em geral?

O servidor escolherá entre a regra de pontos e a regra de pedágio dependendo de qual resultar em um benefício mais vantajoso.

– Como calcular o valor da aposentadoria com a regra de transição por pontos?

Para servidor vinculado ao Regime Próprio até 31/12/2003, o servidor receberá a totalidade da remuneração no cargo em que for concedida a aposentadoria, desde que atenda às seguintes regras:

a- 5 anos no nível ou classe;

b- idade mínima de 57 anos/mulher e 60 anos/homem (professores) ou 62 anos/mulher e 65 anos/homem (demais carreiras).

Já para o servidor vinculado ao SPPrev (até 2013), a aposentadoria será de 60% da média de 100% do período contribuído, com acréscimo de 2% para cada ano de contribuição que exceder o tempo de 20 anos de contribuição.

Para o servidor ingressado após 2013, valem as regras do Regime Geral de Previdência.

– Como calcular o valor da aposentadoria com a regra de transição por pedágio?

Para servidor vinculado ao Regime Próprio até 31/12/2003, o servidor receberá a totalidade da remuneração no cargo em que for concedida a aposentadoria, desde que cumpridos 5 anos no nível ou classe.

Já para o servidor vinculado ao SPPrev (até 2013), o benefício será de 100% da média aritmética simples (de 100% do período contribuído).

Para o servidor ingressado após 2013, valem as regras do Regime Geral de Previdência.

 

Outras Dúvidas Clique Aqui