Entrevista no Roda Viva mostra que secretário desconhece a rede de ensino

Visualizações: contador de visitas html

 

 

 

10 de fevereiro de 2021 – 

 

Do Plenário da Alesp, Carlos Giannazi (PSOL) criticou, em 9/2, a “patética e bizarra” entrevista de Rossieli Soares no programa Roda Viva, transmitido na véspera pela TV Cultura. “O secretário ou age de má-fé, mentindo abertamente, ou não conhece a rede estadual de ensino”, disse.

 

A afirmação do entrevistado de que a rede não está sucateada ” teria muitos prédios antigos que demandariam mais manutenção ” causou indignação ao parlamentar. Desde o seu primeiro mandato como deputado, iniciado em 2006, Giannazi vem denunciando quase diariamente a precariedade das escolas que visita, especialmente nas regiões periféricas, sobre as quais elabora dossiês que encaminha ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas.

 

Também não corresponde à realidade, segundo Giannazi, a alegação do secretário de que os professores da rede estariam sendo testados para Covid-19. “Para se conseguir um teste é preciso ir ao Iamspe, pegar uma fila enorme e aguadar horas para receber um encaminhamento. Só então o servidor poderá ir a um laboratório credenciado para fazer o teste.”

 

Outra indicação que explicitou a pouca intimidade de Rossieli com o funcionamento da rede foi sobre a fiscalização do uso de máscaras, que em sua visão seria uma responsabilidade dos supervisores de ensino. “Ele nem deve saber o que faz um supervisor de ensino. Sua resposta ou mostra desconhecimento ou é uma tentativa de enganar a imprensa e a opinião pública”, ponderou. “Infelizmente naquela bancada não tinha ninguém que realmente conhecesse o chão de uma escola pública para contradizer todas essas afirmações mentirosas.”