Educação

Desagravo a diretora da Emef Prefeito Jorge Senra

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No programa Tribuna Virtual de 14/6, Carlos Giannazi (PSOL) fez um pronunciamento em desagravo à diretora da Emef Prefeito Jorge Bierrenbach Senra, Sônia Neves, que está sendo atacada nas redes sociais por causa do trabalho de esclarecimento que vem fazendo junto à comunidade acerca do Programa Escola Cívico-Militar.

A escola situada no Jardim Rio Branco, na área continental de São Vicente, foi indicada pela Secretaria de Educação do município para integrar o programa bolsonarista, mas essa adesão somente poderá ocorrer se a proposta for aceita pela comunidade escolar.

“O que está acontecendo em São Vicente é grave, porque querem plantar o modelo na marra, atropelando todo o processo democrático. E a gestão democrática do ensino público é garantida pela LDB e pela Constituição Federal”, afirmou o deputado, ressaltando que a consulta pública já realizada teve 199 pais contrários ao projeto e apenas 79 favoráveis.

“A professora Sônia, que também é moradora do bairro, fez um trabalho importante de esclarecimento sobre o que é de fato esse modelo, inclusive mostrando aos pais o próprio Manual das Escolas Cívico-Militares”, afirmou Giannazi, também ele um ferrenho opositor da ideia de se gerir instituições de ensino como se fossem quartéis.

Deixe seu comentário sobre o assunto

Veja outras notícias do mandato