EE João Kopke está novamente sem energia elétrica

12 de fevereiro de 2019

 

Já faz duas semanas que a Escola Estadual João Kopke, na alameda Cleveland, nos Campos Elíseos, está sem energia elétrica. Sem iluminação nas salas de aula, na prática o ano letivo ainda não se iniciou, embora os dias de aula estejam sendo contados normalmente ” com evidente prejuízo ao processo de ensino-aprendizagem.

 

Não é a primeira vez que o problema acontece. Em abril de 2018, a unidade, situada em meio à Cracolândia, também passou por um problema semelhante, ficando cerca de 20 dias às escuras. Giannazi visitou a escola na ocasião, e a orientação da Diretoria de Ensino da Região Centro foi a mesma: manter um embuste de normalidade. As aulas “prosseguem” inclusive no período noturno, apesar de, mesmo durante o dia, os alunos precisarem recorrer às lanternas dos celulares para conseguir enxergar livros e cadernos.

 

“É uma vergonha absoluta. Onde está a Secretaria da Educação e a Fundação para Desenvolvimento da Educação (FDE), que é a entidade responsável pela manutenção dos prédios? No ano passado, nós acionamos os órgãos estaduais e também levamos o caso ao Ministério Público. Havíamos solicitado uma reforma geral da escola, sobretudo da parte elétrica, para que esse caos não voltasse a ocorrer. Mas, pelo que constatamos agora, a intervenção da FDE não passou de um “quebra-galho””, afirmou Giannazi na tribuna da Alesp.

 

Leia mais sobre Rede Estadual